Já ouviu falar em experiência de pagamento?

Tempo de leitura: 5 minutos

O termo experiência de pagamento é algo novo que se refere a uma forma de trabalhar o diferencial competitivo por empresas. Mais especificamente experiência de pagamento refere-se à forma com que o cliente experimenta as etapas do processo de pagamento, podendo estas serem presenciais ou virtuais.

Para o cliente se trata de realizar o pagamento da forma mais transparente possível, independentemente do canal que ele está utilizando.

Quando não se tem uma boa experiência no pagamento muitos clientes abandonam a compra no meio do processo principalmente se tratando de transações online. Para as vendas pessoais uma experiência ruim diminui as chances do retorno do cliente que buscam variedade, velocidade e a praticidade no processo de pagar.

Praticidade e segurança ao pagar

É muito importante que o cliente não encontre dificuldades de entendimentos, barreiras ou distrações na hora de pagar. Tão importante quanto a fluidez das etapas do processo é a sua segurança. Se o cliente não se sentir seguro ao pagar, ao invés de melhorar a experiência, será o contrário, se tornará um problema.

Oferecer vários meios e formas de pagamentos como cartões próprios, aplicativos, emissão de boletos com códigos de barra e de faturas físicas e digitais são boas práticas para se adotar visando a boa experiência de pagamento.

É importante lembrar-se de implementar essa multiplicidade de formas de pagamento como uma facilidade e não como uma forma de confundir e complicar o processo.

Ascenção das tecnologias de pagamento

Pense em uma situação onde o cliente assiste um comercial em sua TV e é direcionado através de um QR Code para uma página de vendas em seu smartphone. Ao selecionar o produto ele precisa escolher como quer pagar e por fim realizar o pagamento.

A partir dessa ideia percebemos como processos de compras tem mudado nos últimos anos e consequentemente como as formas de pagamentos precisam se adaptar para acompanhar esse desenvolvimento.

O momento tem sido de muitas mudanças tecnológicas e com isso tem surgindo inúmeras formas diferentes de pagamentos. Manter apenas as formas de pagamento tradicionais significa perder clientes para os concorrentes que estão atualizados, afinal de contas é muito mais fácil para o cliente poder escolher a forma que melhor lhe convém para cada momento.

A concorrência entre os meios de pagamento

A concorrência que existe entre as inúmeras tecnologias de pagamento faz com que essas ferramentas melhorem a cada dia e ofereçam ao consumidor uma experiencia de pagamento cada vez melhor gerando maior confiabilidade para as novas tecnologias e fazendo com que o número de adeptos a elas aumente todos os dias.

Deste modo, o varejista vai ter que olhar com mais atenção para as soluções de pagamento não apenas pelo momento tecnológico como também pelo momento do mercado.

Vale ressaltar que o empresário, deve valer-se de que hoje ele pode ter menores preços dos serviços ofertados já que passa pelo aumento da competitividade, pela internacionalização e pela integração de canais de vendas.

O que muda no mercado?

Para o mercado isso significa um grande número de formas de pagamentos surgindo, concorrendo entre si e evoluindo rapidamente.

Como consequência, isso significa o surgimento de novas empresas dedicas a essas soluções para tornar a vida de consumidores e comerciantes mais fáceis, focando em otimizar em partes especificas de processos tradicionalmente utilizados.

Falando em processos tradicionais, estes ainda devem ter o seu espaço no mercado e por isso não deve haver preocupação com fechamentos de empresas, demissões e desuso de tecnologias.

As novas formas de pagamentos geram novos negócios e empregos, a concorrência indireta entre os meios de pagamentos também vai exigir que métodos mais antigos se renovem e se tornem mais interessantes aos diferentes públicos.  

O que muda para o comércio?

Para o comerciante adotar novas formas de pagamento significa ter mais praticidade ao receber e um maior número de informações sobre o cliente. Ao ter, por exemplo, seu próprio modelo de pagamento/recebimento o lojista poderá entender no cliente seu comportamento de compra.

Isso contribui para que seu negócio se torne mais inteligente e que inúmeros processos internos como gestão e marketing possam se beneficiar destes dados.

Investir na experiencia de pagamento é algo que pode fazer toda a diferença para o varejista. Significa aumentar o número de novos clientes, melhorar a retenção de clientes antigos, se diferenciar e sair na frente dos concorrentes.

O que muda para o consumidor?

Para o consumidor significa praticidade e conveniência. Poder comprar como preferir de onde quiser, ter acesso direto a lojas, mercadorias, otimizar e controlar suas transações financeira.

Comprar e pagar de formas diferenciadas, rompe as barreiras físicas e burocráticas exigidas pelas formas de pagamento mais tradicionais.

Pontos chaves para uma boa experiência de pagamento

Ter uma boa experiência de pagamento significa ter um processo de vendas otimizado e eficiente, ou seja, mais rápido, fácil, adaptável, seguro e conveniente.

Para isso é necessário enxugar a jornada de compra e de pagamento, ofereça ajuda eficiente para o consumidor, reduzir o número de distrações e barreiras e oferecer opções de pagamento variadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *