CARTÕES FIDELIDADES

Tempo de leitura: 5 minutos

PORQUE TER E QUAL MODELO USAR?

O cartão fidelidade é uma ótima forma de beneficiar consumidores assíduos, garantir que eles sempre voltem e criar vínculos com sua marca. O funcionamento deste tipo de cartão é bem simples. o cartão é oferecido a determinado cliente, uma vez que estes aceite passa a receber algum tipo de benefício ou recompensa sempre que voltar a comprar em seu comércio, estes podem ser descontos, parcelamentos, Cashback, acúmulo de pontos, entre outros.

Os cartões fidelidade são uma excelente forma de premiar seus clientes frequentes e de tornar outros clientes fiéis, ao mesmo tempo são uma excelente forma de se proteger da concorrência e aumentar o faturamento.

Para que o cartão fidelidade funcione bem e seja atrativo para o cliente é muito importante saber escolher o benefício ofertado, Cashback ou condições de pagamento são as soluções mais comuns e que geralmente agradam a todos.

Não menos importante, ter regras claras e um funcionamento simples para o cartão é fundamental, isso para que o cartão não se torne um incômodo ao invés de um benefício para o cliente.

Cartões físicos e digitais

Atualmente os cartões fidelidades podem ser totalmente digitais, mas uma boa escolha é também ter o cartão físico, assim é possível chegar a todos os públicos e o cliente sempre vai ter a marca da sua loja, todos os dias, em sua carteira.

Toda via cartão físico somado a uma plataforma digital permite a conectividade por parte do cliente e oferece ao comerciante a coleta, o armazenamento e o tratamento de dados.

Além disso, ter o cartão físico possibilita o uso dos serviços sem que o cliente tenha a necessidade de estar usando uma conexão com a internet, uma fonte de energia elétrica ou depender do uso de algum aparato tecnológico como o celular, desta forma suprindo a maioria das deficiências dos modelos 100% digitais.

O maior benefício deste tipo de cartão além da fidelização do cliente é poder monitorar o seu comportamento de consumo. Através de banco de dados e de informações gerados por sistema de gestão de vendas pode-se tomar decisões estratégicas mais eficientes satisfazendo as necessidades dos clientes da melhor maneira possível e assim criar laços duradouros com o mesmo.

O designer do cartão é algo muito importante e deve ser muito bem pensado. Ele deve facilitar o reconhecimento do seu negócio e de sua marca por parte do cliente, afinal podemos dizer que o cartão fidelidade também assume o papel de um cartão de visita, só que mais moderno e com mais funcionalidades. Ter um cartão de fidelização magnético em plástico assim como os cartões de Crédito dá para o seu negócio uma cara muito mais moderna e deixa os seus dados muito mais seguros.

Durabilidade dos cartões magnéticos

Outro detalhe importante é a sua durabilidade, permitindo ao seu cliente ter o cartão por muito mais tempo, já que estes não rasgam ou dobram facilmente como os de papel. Os mesmos Também não se perdem eventualmente, pois há um lugar em especial na carteira do cliente para eles. Tais características também significa benefícios ao varejista, uma vez que não vai precisar gastar várias vezes com a reimpressão de cartões.

Existem várias modelos de cartões fidelidade e cada um destes se adapta melhor a um tipo de negócio. Como os mais usadas atualmente podemos citar:

  • Programa de pontos ou milhagem, que te dá uma quantidade X de pontos ou milhas relativos a um valor gasto.
  • Programas de Cashback, que devolvem parte do dinheiro gasto de volta para usar em uma nova compra.
  • Programas de sócio torcedor que oferece benefícios à torcedores que se associam aos seus clubes.
  • Cartões de crediários, que oferecem melhores condições de pagamento utilizando o cartão da própria empresa.

Mesmo diante a várias modalidades de cartão fidelidade objetivo final é basicamente o mesmo, o relacionamento e a valorização do cliente.

Visto as várias modalidades de cartões de fidelização e as possibilidades de criar regras e adaptações aos mesmos é necessário que as políticas do cartão sejam muito bem pensadas para que o cartão cumpra com os seus objetivos. Alguns dos erros mais comuns ao adotar ferramentas como o cartão fidelidade são:

  • O não cumprimento das promessas por parte das empresas.
  • Não conseguir vender a ideia do cartão ao  cliente.
  • Utilizar um modelo de cartão pouco atrativo para o consumidos e/ou seguimento.
  • Ter benefícios pouco atrativos e implantar regras confusas ao cartão, complicando o entendimento do usuário final.

Os cartões fidelidade possibilitam ao lojista ser criativo e personalizar os benefícios ao cliente, no entanto, pensar estrategicamente e conhecer o mercado, o seguimento e o público é fundamental na hora de optar por um dos modelos. Ter o cartão Fidelidade pode ser a chance de preparar algo diferenciado para o seu cliente, alavancar as vendas e também se destacar dos demais concorrentes, fora todos os benefícios que a fidelização pode trazer ao seu negócio, como já tratamos no artigo Fidelize e Aumente suas Vendas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *